Rede Bitcoin já consome mais energia que Portugal inteiro

O consumo de energia da rede Bitcoin tem vindo a aumentar significativamente à escala mundial. De acordo com informações recentemente disponibilizadas, a “rede” Bitcoin já consome mais energia que Portugal inteiro.

Há cada vez mais utilizadores no mundo a minerar bitcoins, assim é normal que o consumo de energia, associado à rede Bitcoin, tenha também aumentado. Segundo dados do site Digiconomist, atualmente a rede Bitcoin está a consumir 50,40 terawatt por hora (Twh). A rede bitcoin representa já 0,23% do consumo mundial de energia.

 

Rede Bitcoin já consome mais energia que Portugal

Comparando com o consumo de energia por país, a rede bitcoin já ultrapassa países como o Iraque, Singapura e até Portugal. No nosso país, onde existem cerca de 10 milhões de habitantes, o consumo de energia é atualmente de 49,8 TWh/ano.

 

Consumo de energia da rede Bitcoin por país

O ciclo contínuo de mineração de blocos tem vindo a incentivar pessoas por todo o mundo. Como a mineração pode garantir alguma receita (interessante), as pessoas têm estado dispostas a ter super máquinas e a gastar energia para conseguir tirar algum rendimento.

O que é a Mineração de Bitcoin?

Ainda de acordo com o site Digiconomist, na República Checa é onde é consumida mais energia para mineração de bitcoins.

De acordo com o El Economista, só em 2018 o consumo de energia da rede bitcoin já cresceu 37% e a previsão é que duplique. A febre das criptomoedas continua e até o preço das placas gráficas disparou.

Author: PLE

Share This Post On

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *