Isenção de IVA até 20.000€ (Medida consta da proposta preliminar do Orçamento de Estado 2018)

Uma das medidas na proposta preliminar do Orçamento de Estado 2018 é o aumento da Isenção de IVA para 20.000€, que actualmente se situa em 10.000€ por força do artigo 53 do CIVA. Os sujeitos passivos que podem ficar enquadrados no novo regime são…

 

Quem fica abrangido por esta medida?

Todos os trabalhadores independentes, que emitam facturas com os recibos verdes ou não, e os sujeitos passivos de IRC que não tenham contabilidade organizada por não serem obrigados.

Simultaneamente, não efectuem operações de importação e exportação, nem pratiquem actividades mencionadas no anexo E do CIVA, podem por opção ficar enquadrados no Regime de Isenção de IVA desde que o volume de negócios seja inferior a 20.000€.

Quando termina a Isenção de IVA?

Deixam de poder manter-se no regime de isenção de IVA quando:

  1. o volume de negócios seja superior ao valor de 20.000€ em 3 anos consecutivos ou
  2. num único ano, se o volume de negócios seja superior a 25.000€

O que acontece quem já tem actividade e factura menos de 20.000€?

Com a entrada em vigor desta alteração, a título excepcional e para que não sejam criadas desigualdades fiscais para os sujeitos passivos com actividade e que se enquadrem no volume de facturação inferior a 20.000€ nos últimos 3 anos ou no último inferior a 25.000€, actualmente no regime normal de IVA.

isenção de IVA orçamento de estado 2018

Deverá ser criado um regime transitório para que estes possam por opção ser enquadrados de acordo com os novos valores, ou seja, passem do regime normal de IVA para o regime de Isenção.

As Novas alterações para os Trabalhadores Independentes
Em destaque estão as mais recentes alterações, que afectam directamente os trabalhadores a recibos verdes, são: a introdução do mínimo de existência que até agora não existia para os trabalhadores independentes, a entrega da declaração trimestral para efeitos de cálculo das contribuições para a segurança social, permitindo desta forma um ajustamento da contribuição ao rendimento disponível do TI, e aumento do limite de isenção de IVA em 20.000€.

 

Fonte original do artigo AQUI

Receba as novidades do Blog no seu email:

Irá receber um email com um link de confirmação. Não se esqueça de clicar nesse link.

Author: PLE

Share This Post On

Trackbacks/Pingbacks

  1. Escalões de rendimentos de trabalhadores independentes para a Segurança Social | PLE - Penso Logo Existo - […] nos 12 meses seguintes. É através do anexo SS do IRS que a Segurança Social tem conhecimento dos rendimentos…

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *