Grande alteração nos Recibos Verdes

O governo prepara uma grande alteração à tributação dos rendimentos dos trabalhadores independentes a recibos verdes, com a introdução do mínimo de existência.

O que é o mínimo de existência em IRS?

O código de IRS diz que da aplicação das taxas estabelecidas no artigo 68.º não pode resultar, para os titulares de rendimentos predominantemente originados em trabalho dependente ou em pensões, a disponibilidade de um rendimento líquido de imposto inferior a (euro) 8 500, ou seja até este valor não paga IRS.

alterações recibos verdes 2017 2018

A Grande alteração nos Recibos Verde é:

Até 2017 o mínimo de existência apenas era aplicado a sujeitos passivos com rendimentos de trabalho dependente ou pensões.

A alteração que está a ser avançada pelo governo e que será alvo de discussão no Orçamento de Estado para 2018 é os Trabalhadores Independentes a Recibos Verdes sejam abrangidos também pelo mínimo de existência de 632€ por mês ou seja até 7.584€ o rendimento não paga IRS 

Como é calculado actualmente?

Um Prestador de Serviços a recibos verdes (actividade da lista anexa artº151 CIRS):

  • que apenas tenha rendimentos da categoria B,
  • e que tenha rendimentos brutos de 7.584€
  • está sujeito à taxa de 14,5% que incide sobre o rendimento colectável ( 7.584€ x 12 meses= 5.688€),
  • ou seja paga de imposto 824,76€ no caso de não ter deduções à colecta.

O que vai ser proposto pelo Governo vai permitir uma poupança de 824,76€ de Imposto para os prestadores de serviços a recibos verdes.

FONTE DO ARTIGO: AQUI

Author: PLE

Share This Post On

1 Comment

Trackbacks/Pingbacks

  1. Isenção de IVA até 20.000€ (Medida consta da proposta preliminar do Orçamento de Estado 2018) | PLE - Penso Logo Existo - […] os trabalhadores independentes, que emitam facturas com os recibos verdes ou não, e os sujeitos passivos de IRC que não tenham contabilidade…
  2. Recibos Verdes com NOVA taxa de 21,4% para a Segurança Social | PLE - Penso Logo Existo - […] governo e BE acordaram alterações ao regime contributivo dos trabalhadores independentes a “Recibos Verdes”, entre outras alterações está a…

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *